24.11.11

SIENNA MILLER FOI DEPOR NA CORTE EM LONDRES

Sienna Miller elegantemente vestida em preto, chegou hoje dia 24 de novembro para depor na Royal Corte de Justiça em Londres, no inquérito conduzido por Lord Justice Leveson, que olha pra cultura, prática e ética da imprensa no Reino Unido. O inquerito surgiu na sequência do escândalo de hacking de telefone, que ocasionou o fechamento do jornal The News of The World.  Sienna admitiu ter acusado amigos e familia de venderem informações pessoais para serem publicadas na imprensa. Segundo ela, "algumas informações muito confidenciais que somente quatro pessoas sabiam, um jornalista ligou dizendo que sabiam sobre o assunto e então acusei minha familia e amigos de vender história...foi horrível".
As informações foram obtidas por hackers que acessaram as mensagens de Sienna e de pessoas próximas a ela.  Que horrível, você fica com a sensação que daqui alguns anos, por causa desses crimes cada dia mais comuns,  não vai mais poder falar por telefone e nem escrever sem correr o risco de ver exposto na midia. Claro que pessoas comuns não vão sofrer, mas pensa que situação?  Será que no futuro a função maior das assessorias de imprensa das empresas e das celebridades, mais do que divulgar e expor, será "zelar" por tudo que foi ou pode ser exposto e publicado? Tipo apagar incêndios?
Em resumo: Serão essas as novas armas dos tempos modernos, onde ética e respeito pelo indivíduo estão com os dias contados?  Sinceramente eu espero que não.